O arauto de Sammaster (Descontinuado)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

O arauto de Sammaster (Descontinuado)

Mensagem por Voltaire J.S Templário em Dom Set 25, 2016 12:22 pm

* Após os dois dias Voltaire regressaria, como combinado. O retorno foi através de teleporte, portanto desta vez não estava com a montaria alada.  

      Como da outra vez, a indumentária era  a túnica negra, com uma cruz alva bordada. Carregava no pescoço um crucifixo de prata, com uma pedra vermelha incrustada. O corpo era protegido por uma cota de malha, cor de prata, de fino acabamento e bem trabalhada: as proteções se prolongavam,  atingindo as pernas e braços. No peito ostentava as condecorações e medalhas adquiridas em detrimento aos serviços prestados aos Justiceiros Sagrados. O grande escudo de aço, com a simbologia dos justiceiros era evidente. Pela cintura repousava, pelo menos, uma espada larga, outra longa e uma maça-estrela de material desconhecido. Luvas grossas protegiam as mãos.Os cabelos ruivos, aparados até a altura dos ombros, permaneciam estáveis.

   Enquanto aguardava a chegada de Lei chegou a lançar palavras aos ventos, murmurando consigo mesmo:

   - Tenho certeza de que se não fosse algo de caráter ético jamais estaria aqui. Por que Ammeline teve de ter um filho logo com Lei......????????????????????????????????? Aff......... Só mesmo eu para passar por estas situações excêntricas....... Deuses, ajudem-me......!!!

   * Olhava em direção abstrata, com olhar vazio. Até então foram três ou quatro suspiros, a fim de manter a postura e mesmo a paciência. Alguma coisa lhe dizia que no final das contas se arrependeria e muito de ter vindo a este lugar. Até conjecturava o semblante de Varisak ao ver Lei: só de imaginar já levava a mão a própria face, girava os olhos e  fazia gestos negativos com a cabeça. *
avatar
Voltaire J.S Templário
Justiceiro Sagrado
Justiceiro Sagrado

Mensagens : 23
Data de inscrição : 28/11/2015

Ficha do personagem
Nome:
Ocupação:
Equipamento:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O arauto de Sammaster (Descontinuado)

Mensagem por Lei Keylosh em Seg Set 26, 2016 4:24 pm

Para não terem que ficar esperando nos portões, Lei ordenou que os soldados o avisassem assim que Voltaire chegasse. Portanto, assim que o paladino surgiu próximo à entrada da cidade, um dos homens foi avisar o barbudo. Não demorou muito até que Lei e Hatsuko aparecessem nos portões.

Lei carregava uma bolsa grande de couro com alguns pertences pessoais como roupas, alguns pergaminhos, poções de cura e outros objetos, afinal, não sabiam exatamente por quanto tempo ficariam fora e nem o quê enfrentariam. Trajava um conjunto simples de armadura de couro sobre a roupa preta, a fim de oferecer limitada proteção sem afetar sua mobilidade. O bastão mágico estava pendurado na cintura e os cabelos amarrados em um rabo de cavalo usando apenas mechas da parte de cima da cabeça, deixando a parte inferior com os fios soltos. Passou algumas últimas instruções aos guardas e então se aproximou de Voltaire na larga ponte de madeira, dizendo:

- Bom dia, Voltaire. Estamos prontos para partir. - Disse, formalmente mas com respeito. Tentava manter uma postura menos hostil comparada à primeira visita do paladino.


Última edição por Lei Keylosh em Seg Set 26, 2016 7:34 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Lei Keylosh
Renegado
Renegado

Mensagens : 6
Data de inscrição : 13/01/2014
Idade : 32
Localização : Domine Mathesis

Ficha do personagem
Nome: Lei Akbert Keylosh
Ocupação: Mago
Equipamento: Foice mágica

Ver perfil do usuário https://medievaluol.wiki.zoho.com/Lei-Keylosh.html

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O arauto de Sammaster (Descontinuado)

Mensagem por Minami / Hatsuko em Seg Set 26, 2016 4:44 pm

Hatsuko seguiu com o pai quando foram avisados de que Voltaire já estava aguardando. Diferente de Lei, não trajava nenhum tipo de armadura sobre ou sob o antigo quimono de treino que pertenceu à sua mãe. O daisho estava preso à sua cintura e carregava também uma pequena bolsa com pertences pessoais e um pouco de carne curada e pães para os dois.

- Oi... - foi tudo o que disse como saudação ao cavaleiro, ainda com as lembranças das discussões de dois dias atrás bastante vívidas em sua mente.

Esperando que os dois decidissem começar a jornada, Tsu prendeu os cabelos em um rabo alto..

- Vamos logo?
avatar
Minami / Hatsuko
Renegado
Renegado

Mensagens : 66
Data de inscrição : 14/01/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O arauto de Sammaster (Descontinuado)

Mensagem por Voltaire J.S Templário em Seg Set 26, 2016 8:24 pm

*Fez breve meneio de cabeça em direção aos dois, para logo dizer*

   - Iremos o mais rápido possível sim, mas por meio da mágica. Aproximem-se!

* O tom de voz era baixo e sem nenhum tipo de emoção. Observou Lei e depois Hatsuko, preparado para ativar a de um anel encantado. Em questão de segundos um brilho mágico envolvia todos. O efeito causava algum desconforto, ânsia de vômito e breve perda da visão, sensações que passavam rapidamente.

   - Chegamos...... Por favor acompanhem-me...

*Estavam no meio de uma floresta aberta. Havia uma trilha simples de terra batida e Voltaire foi o primeiro a seguir. Não emitia sequer outras palavras. O semblante estava completamente dominado pela pura austeridade.*
avatar
Voltaire J.S Templário
Justiceiro Sagrado
Justiceiro Sagrado

Mensagens : 23
Data de inscrição : 28/11/2015

Ficha do personagem
Nome:
Ocupação:
Equipamento:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O arauto de Sammaster (Descontinuado)

Mensagem por Lei Keylosh em Seg Set 26, 2016 10:29 pm

Lei permaneceu parado esperando o teletransporte. Segurou a mão de Hatsuko por instinto antes da ativação da magia. Mesmo depois de tantos anos utilizando teletransporte, nem mesmo Lei se acostumara por completo. Já havia aprendido a controlar a ânsia, mas a desorientação sempre acontecia no breve período de tempo após aparecer no local de destino.

Olhou ao redor da floresta primeiro de forma muito atenta e só depois soltou a mão de Hatsuko. Caso Voltaire começasse a caminhar imediatamente, Lei seguiria com sua filha, mas faria a pergunta inevitável:

- Onde estamos?
avatar
Lei Keylosh
Renegado
Renegado

Mensagens : 6
Data de inscrição : 13/01/2014
Idade : 32
Localização : Domine Mathesis

Ficha do personagem
Nome: Lei Akbert Keylosh
Ocupação: Mago
Equipamento: Foice mágica

Ver perfil do usuário https://medievaluol.wiki.zoho.com/Lei-Keylosh.html

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O arauto de Sammaster (Descontinuado)

Mensagem por Minami / Hatsuko em Seg Set 26, 2016 11:06 pm

Hatsuko sentia considerável “preguiça” do jeito de sério, quase indiferente de Voltaire, e até chegou a bocejar pouco depois do meneio de cabeça dele. Aproximou-se e segurou com firmeza a mão de seu pai. Teletransporte não era algo comum em seu dia a dia e aquilo se tornaria bastante óbvio assim que chegaram na floresta: soltou a mão de seu pai e se afastou alguns poucos passos para vomitar tudo o que havia comido horas antes.

- Merda de teletransporte... – resmungou enquanto se endireitava depois de limpar a boca com um pouco de água.

Passaria a caminhar com Lei e Voltaire logo em seguida, com o humor bastante prejudicado por aquele mal estar.

avatar
Minami / Hatsuko
Renegado
Renegado

Mensagens : 66
Data de inscrição : 14/01/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O arauto de Sammaster (Descontinuado)

Mensagem por Varisak Silver Wyrm em Ter Set 27, 2016 12:44 pm

Quando os três começaram a andar pela trilha de terra batida a brisa local se transformou em um forte vento, seguido de uma sombra enorme que cobriu grande parte do local e um rufar grave de grandes asas batendo.

Ao olharem para cima, veriam um gigantesco dragão se aproximando, suas escamas eram claras, e refletiam a luz de uma forma que dava a impressão de seu corpanzil todo ser feito do mais puro metal prateado.

Ele bateu as asas mais duas vezes e por fim pousou com suavidade colocando primeiro as grandes patas traseiras no chão, que tremeu levemente, em seguida as dianteiras. Sua grande cabeça ornada de chifres mirava diretamente nas três pequenas figuras á sua frente, e então ele abaixou de leve o focinho, seus grandes olhos em fenda estreitaram-se por algum motivo.

- Voltaire, alguma razão para trazer uma criança á uma missão potencialmente perigosa?

Rosnou, sua voz era grave e profunda, e falou em um tom bastante sério.
avatar
Varisak Silver Wyrm
Neutro
Neutro

Mensagens : 4
Data de inscrição : 26/09/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O arauto de Sammaster (Descontinuado)

Mensagem por Voltaire J.S Templário em Dom Out 09, 2016 1:42 am

- Em um lugar pouco conhecido.... Até agora......

  *Respondeu a indagação de Lei, com a mesma expressão e disposição de antes. E não deixou de perceber a cena insólita protagonizada por Hatsuko. Por alguns instantes fitou-a, chegando a oferecer um lenço.

   O farfalhar das folhas, a ventania e a poeira o pegaria de surpresa. Procurou proteger os olhos, mas não escondeu um largo sorriso ao perceber que se tratava da presença de Varisak.  Sentiu-se muito aliviado, alguém que poderia contar de fato!

   - Saudações, nobre amigo. Estou muito grato que tenha vindo. Vossa presença é sempre uma agradável surpresa

* Tratou de ser cordial e respeitoso, reverenciando parcialmente o grande dragão de prata. Não esperava, contudo, a colocação "criança" no meio da conversa e ficou meio sem saber o que responder*

  - Está se referindo a...... Hat...... Digo, quem mesmo?

*Arregalou os olhos, meio sem graça com a situação. Fitou Lei por algum momento, como que desse a entender que ela estava ali a convite dele. Chegou a tossir um pouco, esperando a passagem rápida da situação constrangedora.*

   - Em mais alguns minutos chegaremos ao nosso destino. É importante que saibam: a menina está sob animação suspensa, uma poderosa magia arcana. Até agora  esta magia conseguiu evitar quaisquer manifestações do escolhido de Sammaster ou mesmo que este venha assumir o controle. Alguma pergunta?


Última edição por Voltaire J.S Templário em Dom Out 09, 2016 9:55 am, editado 1 vez(es)
avatar
Voltaire J.S Templário
Justiceiro Sagrado
Justiceiro Sagrado

Mensagens : 23
Data de inscrição : 28/11/2015

Ficha do personagem
Nome:
Ocupação:
Equipamento:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O arauto de Sammaster (Descontinuado)

Mensagem por Lei Keylosh em Dom Out 09, 2016 5:48 am

O vento forte, a grande sombra e o barulho de asas. Lei sabia o que estava vindo, apenas não sabia se era um inimigo ou aliado. Ficou um pouco aliviado quando percebeu que se tratava de um dragão prateado e mais ainda quando Voltaire demonstrou conhecer a criatura. Só sabia de um dragão daquela natureza que era aliado de Voltaire. Decidiu arriscar, embora não fosse capaz de identificar dragões apenas por suas feições, como se fossem humanos. Lei deu uma risada antes de falar, depois de retribuir o olhar de Voltaire e perceber que o paladino achou melhor não incitar nenhuma discussão em relação à Hatsuko:

- Garanto a você que esta "criança" poderia te machucar bastante, grandalhão! - Disse, apontando Hatsuko com o polegar. Independente do que Hatsuko respondesse a ele, prosseguiu: - Você é Varisak, não? Encontramo-nos há cerca de... Cinco anos atrás, se não me engano. Você havia visitado a Imperatriz de Terânia juntamente com Voltaire para selarem um acordo entre os Justiceiros e os Imperiais. Zarack apareceu de repente e interrompeu o encontro. Se não me falha a memória, ele tentou apresentar uma proposta de paz depois de ter dizimado Renascer espalhando uma doença por lá. Nem vocês e nem os Cavaleiros Imperiais aceitaram a proposta, naturalmente. A situação ficou um pouco tensa, mas Zarack foi embora sem fazer nada. É claro, se você não for Varisak, peço desculpas. Não sei identificar vocês por suas formas verdadeiras. - E depois das devidas respostas, ele aproveitou a oportunidade e fez uma pergunta à Voltaire:

- Sim, eu tenho uma pergunta. Quem ou o quê é Sammaster, e como isso entrou em Ialanna? Acho que terá tempo suficiente para explicar no caminho.
avatar
Lei Keylosh
Renegado
Renegado

Mensagens : 6
Data de inscrição : 13/01/2014
Idade : 32
Localização : Domine Mathesis

Ficha do personagem
Nome: Lei Akbert Keylosh
Ocupação: Mago
Equipamento: Foice mágica

Ver perfil do usuário https://medievaluol.wiki.zoho.com/Lei-Keylosh.html

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O arauto de Sammaster (Descontinuado)

Mensagem por Minami / Hatsuko em Dom Out 09, 2016 8:55 pm

Após se recompor do mal estar, Hatsuko dispensou educadamente o lenço oferecido por Voltaire. Não era difícil para ela notar que o templário não estava exatamente fazendo aquilo por simpatia: era mais por puro protocolo, por assim dizer. Claro que ficou um pouco sem graça por ter vomitado e a atitude de Voltaire apenas ressaltou esse sentimento.

Caminhava ao lado do pai quando a grande sombra passou, acompanhada do rufar de asas e de um pouso até bastante delicado. Franziu um pouco a testa ao ver a criatura, já que seu contato com dragões ao longo da vida havia sido mínimo. Arqueou ainda mais as sobrancelhas ao ser chamada de criança.

- Não sou criança... – resmungou quase ao mesmo tempo em que Lei começava a falar.

Assim que seu pai terminou de falar, Hatsuko até encheu o peito para completar o que achava prudente.

- Não sou criança, dragão. Nessa sua forma aí eu não tenho nenhuma chance mesmo... Mas se estivesse como humano, aí sim eu te deixaria bem quebrado.

Deixaria os "adultos" conversarem, apenas caminhando ao lado de seu pai.
avatar
Minami / Hatsuko
Renegado
Renegado

Mensagens : 66
Data de inscrição : 14/01/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O arauto de Sammaster (Descontinuado)

Mensagem por Lei Keylosh em Dom Out 30, 2016 1:09 am

[OFF: Se o Teseu não for continuar no jogo, podemos seguir sem ele?]
avatar
Lei Keylosh
Renegado
Renegado

Mensagens : 6
Data de inscrição : 13/01/2014
Idade : 32
Localização : Domine Mathesis

Ficha do personagem
Nome: Lei Akbert Keylosh
Ocupação: Mago
Equipamento: Foice mágica

Ver perfil do usuário https://medievaluol.wiki.zoho.com/Lei-Keylosh.html

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O arauto de Sammaster (Descontinuado)

Mensagem por Varisak Silver Wyrm em Dom Out 30, 2016 11:14 am

[mal a demora pessoal, problemas no trampo me tiraram toda a imaginação para postar em qualquer tipo de jogo de rpg, mas agora está menos pior e Fernanda tá me ajudando a me destravar.]

Não percebeu a situação constrangedora, pois Hatsuko realmente era uma criança perto da idade milenar do dragão. E a reação do prateado não era sem fundamento, pois Voltaire parecia sempre gostar de trazer jovens e inexperientes em frente a missões com perigos mortais. Ele já sabia que Lei viria junto, apesar de não gostar muito, pois diferente de Voltaire e dos outros, não confiava em quem era altamente maligno no passado e agora se "dizia" estar redimido. E a sua fala apenas reforçou a opinião negativa do dragão, que fez questão de ignorar sistematicamente a resposta de que sua filha minúscula poderia "machucá-lo sériamente" era uma noção ridícula... típica das raças inferiores.

Olhou para Voltaire e seu modo sério se tornou rapidamente amigável, falando em um tom calmo e respeitoso.

- Perdoe-me a demora, meu amigo. Tive que terminar alguns assuntos pessoais e assegurar á minha companheira que não iria demorar.

Ouviu a pergunta de Lei sobre quem seria Sammaster e o observou longamente, não seria ele quem daria a resposta. Mas sua ignorância quanto á este perigo mortal mostrou para Varisak tudo o que precisava saber sobre o homem. Só esperava que Voltaire soubesse o que estava fazendo, desta vez.
avatar
Varisak Silver Wyrm
Neutro
Neutro

Mensagens : 4
Data de inscrição : 26/09/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O arauto de Sammaster (Descontinuado)

Mensagem por Voltaire J.S Templário em Sex Nov 11, 2016 9:41 am

*  A situação era tragicômica. Girou os olhos, coçou a testa e respirou profundamente. Com os olhos fechados começou a contar a fim de esvaziar a mente e não entrar em algum tipo de debate que não traria soluções.
 
   A reação de Varisak era a esperada. Chegou a fitar Lei por instantes, esperando que usasse de cautela ao falar com o grande dragão. Era um aviso, um conselho. Respondeu primeiro ao dragão.

   - Não há o que se desculpar, nobre irmão. As responsabilidades de um de vossa espécie e idade são inenarráveis. Estou mais confiante agora que está conosco.

*Configurou o tom amigável e cordial com o dragão prateado. Eram amigos de longa data e sua presença fazia bem, ao menos ao paladino. Quando respondeu a Lei o tom amigável desapareceu. Apenas o ar respeitoso, mesmo Lei merecia isto no entender do paladino, foi mantido. As citações já estavam memorizadas e eram repetidas lentamente ao antigo bandido da BS*

     - Sammaster, o fundador do Culto do Dragão... Uma profecia......  Os registros antigos e datados..... de pelo menos há quinhentos anos atrás..... nos levam a temer uma profecia....feita por membros do Culto do Dragão... Dragões mortos dominariam o mundo....

      - Culto do Dragão é uma sociedade secreta e semi-religiosa, fundada por Sammaster, um poderosíssimo arcano que assim como Elmister  o sábio ou Khelben Arunsun,  fora também  abençoado pelos deuses com grandes poderes. Entretanto, o aumento de poder de Sammaster acabou levando-o a loucura, causando-lhe alucinações e ilusões, fazendo-o acreditar que ele era um deus. O grande criador do Culto do Dragão  começou então a propagar que um dia dragões mortos iriam dominar o mundo e seu culto se espalhou por toda parte.

            - Em uma de suas ilusões, Sammaster sonhou que o escolhido para liderar os dragões mortos deveria ser um belíssimo exemplar de dragão negro. Foi então que Sammaster partiu para uma implacável busca pelo mais puro e resistente dragão negro da antiguidade.
               Depois de décadas de busca o dragão foi encontrado. Convenceu-o a fazer parte de seus planos e liderar o exército dos dragões mortos. Assim tudo realmente começou.... Razem é um espírito deste dragão que renasceu.... Para nos destruir....


* O grupo chegava até uma espécie de mosteiro fortificado. Com gesto de mão Voltaire sinalizava para os soldados do mosteiro que todos estariam com ele. Varisak seria ovacionado e reconhecido como o prateado justiceiro que pertencia à Ordem.*

avatar
Voltaire J.S Templário
Justiceiro Sagrado
Justiceiro Sagrado

Mensagens : 23
Data de inscrição : 28/11/2015

Ficha do personagem
Nome:
Ocupação:
Equipamento:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O arauto de Sammaster (Descontinuado)

Mensagem por Lei Keylosh em Dom Nov 13, 2016 10:01 pm

Lei sentiu os olhares de desprezo de Varisak, mas decidiu não emitir nenhuma opinião sobre isso. Conhecia aquele ar superior que todo dragão possuía, principalmente depois de anos combatendo a extinta Tríade dos Dragões. Sabia usar a arrogância de um draconiano contra ele mesmo, mas aquela não era hora de mais conflitos, pois tinham um inimigo em comum. Lei ouviu a explicação de Voltaire sobre Sammaster e fez um comentário que alguns chamariam de irônico pelo passado do barbudo, mas soou como um desabafo:

- A busca pelo poder sempre traz destruição. Sempre foi assim e sempre será.

Assim que adentraram o mosteiro [OFF: É o mesmo mosteiro onde a Minami ficava?], Lei segurou a mão de Hatsuko instintivamente. Conhecendo Voltaire, havia a possibilidade de ele prender Lei e Hatsuko naquele lugar. Não comentaria isso abertamente para evitar maiores discussões com o paladino, mas aquela era uma preocupação legítima.
avatar
Lei Keylosh
Renegado
Renegado

Mensagens : 6
Data de inscrição : 13/01/2014
Idade : 32
Localização : Domine Mathesis

Ficha do personagem
Nome: Lei Akbert Keylosh
Ocupação: Mago
Equipamento: Foice mágica

Ver perfil do usuário https://medievaluol.wiki.zoho.com/Lei-Keylosh.html

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O arauto de Sammaster (Descontinuado)

Mensagem por Minami / Hatsuko em Dom Nov 13, 2016 11:25 pm

Hatsuko sentia-se no mínimo estranha no meio daqueles dois estranhos - Voltaire e Varisak - e também naquela situação. Era considerada uma criança por um e, por outro, já havia se tornado bem óbvio de que não se dariam bem devido ao passado sombrio que Voltaire proporcionou à sua mãe.

As sobrancelhas foram arqueadas assim que ela ouviu toda a explicação a respeito do que iriam enfrentar. Agora, Hatsuko começava a se sentir idiota. Como poderia ser possível que ela, uma garou pouco experiente em grandes combates, fosse de algum modo útil em uma situação como aquela.

Ainda assim a filha de Lei não se manifestou verbalmente, no máximo fez uma expressão de dúvida e descrença. Caminhava ao lado do pai e ficou um pouco desconfiada ao ver o mosteiro fortificado, tanto que parou de andar. Olhou Lei e seu temor só se confirmou ao ter a mão de seu pai segurando a sua com firmeza.

- Eu não vou entrar nisso aí, não. Eles querem nos enganar, pai, vamos embora. Vamos acabar presos igual ele fez com minha mãe.
avatar
Minami / Hatsuko
Renegado
Renegado

Mensagens : 66
Data de inscrição : 14/01/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O arauto de Sammaster (Descontinuado)

Mensagem por Varisak Silver Wyrm em Ter Nov 15, 2016 5:51 pm

O grande dragão acompanhava o grupo, andando em sua forma verdadeira pelo caminho que seguiam, forçando Lei e sua filha ficarem do outro lado do paladino.

Ouvia atento a história enquanto observava ao redor, atento á possíveis ameaças ou imprevistos. Devido á sua estatura fora o primeiro a ser visto pelas sentinelas do mosteiro e neste momento enquanto se afastava alguns passos ouviu o que Lei disse, fazendo o dragão parar e torcer o seu longo pescoço na direção do homem. O encarava não mais com desprezo ou de uma forma superior. O que lei havia dito era uma verdade e pelo tom de voz usado mostrava que não era uma ironia, mas como desabafo.

Antes de se encontrarem havia conversado com Voltaire e este dizia que o antigo líder da sociedade negra estava trilhando um novo caminho. Isso e mais o que viu, um homem segurando pela mão sua filha, e agora esta expressão fez o grande prateado começar a compreender, ou aceitar, o que lhe foi dito.

Por fim, mais por praticidade, se afastou do trio alguns passos e se concentrou em sua forma que utilizava quando era necessário entrar no mosteiro ou na cidadela. Em alguns instantes seu corpanzil escamoso reduziu de tamanho até sobrar no local um homem de pele clara, cabelos branco-metálicos longos com bigode e barba ralos, sua aparência seria similar á de Lei porém suas roupas lembravam a o de um mago ou feiticeiro. Vestia um manto ou túnica na cor cinza escura que possuía runas arcanas desenhadas nos antebraços e próximo dos pés, que eram protegidos por uma espécie de sandálias. Apesar da sua aparência relativamente frágil, ainda era um dragão ancião, tendo força física muito superior a o de uma pessoa comum, mas principalmente mantinha mesmo nesta forma todo o seu vasto repertório de magias, algumas de proteção estavam neste momento ativas. Ele confiava em Voltaire e não imaginava um ataque vindo de Lei e sua filha, mas não chegou á idade milenar apostando no perigo.

Voltou a se aproximar do grupo, passando pelo arco da entrada da construção de pedra e acenou discretamente para os soldados que o ovacionaram. Chegou a se separar por instantes, conversando com um grupo de pessoas, tanto homens e mulheres. Ao retornar percebeu Lei segurando a mão de sua filha um tanto preocupado e mesmo o olhar dela, muito similar á de um animal acuado.

- Sois convidados de Voltaire, criança. Não há o que se preocupar. E se a memória não me falha, sua mãe havia sido presa por matar vários soldados.

Voltou os olhos para Keylosh, e cruzou os braços sorrindo.

- Imagino que se sua filha tem capacidade para "ferir seriamente" um dragão ancião, me surpreende o fato dela temer um punhado de soldados humanos.

Ergueu uma mão em sinal de paz, talvez interrompendo Lei de responder.

- Mas chega disto. Me perdoe pelo que eu disse sobre a sua filha quando estávamos próximos de seu reino, apenas me preocupo pela segurança dos mais jovens. Não somos inimigos e acredito que ambos sabemos agora que o futuro guarda perigos cada vez maiores. Gostaria de dizer que não medirei esforços para auxiliá-lo a protegê-la.

avatar
Varisak Silver Wyrm
Neutro
Neutro

Mensagens : 4
Data de inscrição : 26/09/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O arauto de Sammaster (Descontinuado)

Mensagem por Voltaire J.S Templário em Ter Nov 15, 2016 6:26 pm

* Observou a cena protagonizada por Hatsuko e os respectivos impropérios. Aquilo realmente estava acontecendo? Para a tristeza do paladino, sim....  Lançou profundo silêncio e apenas observou Lei com o canto dos olhos, por segundos. Freou os impulsos e a  vontade de mencionar questões, já que Varisak havia colocado a principal: Minami era uma assassina.
         
       Em frente aos portões fez um gesto de mão solicitando que parte do mesmo fosse aberto e permitisse a entrada de todos. Cumprimentava com   mesuras adequadas os presentes, seguindo para a construção principal. Começavam a caminhar por corredores e escadas, em um verdadeiro labirinto. Voltaire comentou:

        - Não se preocupem, logo chegaremos ao destino.

          O paladino parecia não estar bem aquela altura, um pouco nervoso. Suava frio....
           
            - Varisak......... Varisak..............  

          *A voz misteriosa, sedutora e venenosa chamava pelo dragão de prata. O chamado penetrava rapidamente em sua mente, proporcionando um estado de plena êxtase. Varisak parecia experimentar uma visão de mundo ideal, a verdadeira utopia de mundo perfeito.... Mas o sonho passou..... Logo o dragão de prata viu um buraco engolir o mundo conhecido, deixando apenas um vazio profundo...  Repentinamente se viu mergulhado em um mar de ácido, sem asas, largado para derreter até os ossos, sem nada poder fazer. Quando sua consciência retornou conseguiu ouvir as últimas palavras de Voltaire. Ninguém além de Varisak conseguiu notar esta visão.

               Lei ouvia em sua mente palavras doces e sedutoras, que traziam conforto:

                - Por que está aqui? Sei que no fundo a tua essência é voltada para o caos. Junte-se a mim. Posso proporcionar a morte do homem que prendeu e torturou sua amada. Não gostaria de se deleitar com isso?

                Paralelamente a isso Hatsuko começava a ouvir gritos de horror e dor ecoando pelo corredor. As vozes eram de sua mãe pedindo auxílio e socorro. A julgar pelos sons Minami estaria barbaramente sendo torturada.*

(OFF: NÃO É O MOSTEIRO DA CIDADELA ONDE MINAMI FICAVA)
avatar
Voltaire J.S Templário
Justiceiro Sagrado
Justiceiro Sagrado

Mensagens : 23
Data de inscrição : 28/11/2015

Ficha do personagem
Nome:
Ocupação:
Equipamento:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O arauto de Sammaster (Descontinuado)

Mensagem por Lei Keylosh em Qua Nov 16, 2016 11:03 pm

Lei também estava receoso de adentrar aqueles muros e entendeu perfeitamente a reação de sua filha, mas ele tentou argumentar com ela antes de Varisak falar:

- Está tudo bem, Hatsuko. Eu também estou com medo, mas é por isso que eu quis que viesse, lembra-se? Para me proteger. Fique junto comigo, está bem? Enquanto estivermos juntos, não há nada que não podemos enfrentar. - E depois beijou a testa dela segurando sua cabeça com a mão, hábito que sempre teve. Enquanto tinha o braço ao redor de Hatsuko foi que ouviu as palavras de Varisak e fez um afirmativo com a cabeça, fitando a forma humana do dragão: - Desculpas aceitas e saiba que também faremos de tudo para ajudar, caso contrário, não estaríamos aqui. Apenas quero ver Ialanna.

Caso houvesse soldados naquele mosteiro que também haviam servido na Cidadela, havia uma grande chance de alguns deles reconhecerem Lei do tempo em que o barbudo foi capitão das forças dos Justiceiros. Antes que ele pudesse fazer mais alguma coisa, ouviu aquela voz sedutora em sua mente. Parou de andar e virou-se aos demais perguntando, sem saber que eles também estavam ouvindo ou vendo coisas estranhas:

- Vocês... Ouviram alguma coisa?
avatar
Lei Keylosh
Renegado
Renegado

Mensagens : 6
Data de inscrição : 13/01/2014
Idade : 32
Localização : Domine Mathesis

Ficha do personagem
Nome: Lei Akbert Keylosh
Ocupação: Mago
Equipamento: Foice mágica

Ver perfil do usuário https://medievaluol.wiki.zoho.com/Lei-Keylosh.html

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O arauto de Sammaster (Descontinuado)

Mensagem por Minami / Hatsuko em Qua Nov 16, 2016 11:33 pm

- Eles vão nos prender aqui, pai... Esse homem não presta, nada do que ele faz é bom! - abraçou o pai com força e permaneceu assim por alguns segundos antes de recuar para que Lei falasse com Varisak.

- E eu não tenho medo de um punhado de humanos. Tenho medo desse aí... Ele prendeu minha mãe em um lugar desses. - respondeu para Varisak, indicando Voltaire logo em seguida.

Era nítido que não confiava em Voltaire e ainda mais evidente que estar em meio a uma fortaleza era desconfortável. Havia um temor latente, uma desconfiança persistente de que não mais sairiam vivos dali ou nem mesmo que de fato sairiam algum dia.

Segurava com força a mão de seu pai enquanto caminhavam pelos corredores e cômodos. Ao ouvir os gritos de sua mãe, Hatsuko soltou a mão de Lei enquanto se virava para tentar localizar a origem deles.

- Pai! PAI! Minha mãe.. Ela está aqui! Esse idiota está torturando ela! Você está ouvindo também, não é? Ele não vai continuar fazendo isso!!

Tsu desembainhou tanto a wakizashi quanto a katana, olhando para Voltaire.

- SOLTA ELA!
avatar
Minami / Hatsuko
Renegado
Renegado

Mensagens : 66
Data de inscrição : 14/01/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O arauto de Sammaster (Descontinuado)

Mensagem por Varisak Silver Wyrm em Qua Nov 23, 2016 4:34 pm

Como todo bom metálico, Varisak em sua forma humana ficou de lado na entrada da grande construção para que pai e filha fossem á frente logo depois do paladino.

Seguia pelos corredores logo atrás de Lei e Hatsuko, ou se o mesmo fosse pelo menos com 3 metros de largura, voltaria a ficar ao lado de Voltaire.

Percebeu algo estranho em seu velho amigo, ele parecia não estar muito bem, mas antes de formular uma pergunta, ouviu um chamado em sua mente. A voz macia prometia um mundo perfeito, o que para o dragão era uma sociedade em que sua raça dominava todas as outras raças e os seres inferiores serviam aos seus mestres. Tudo girava ao redor das grandes feras, religião, política, restando aos humanoides apenas servir nos propósitos mais mundanos. O estado de êxtase porém logo passou, ao ver para seu horror tudo o que conquistaram desaparecer sugado para um vazio escuro e se encontrava agora imerso em ácido! Mas ele era imune á esta substância... mesmo assim ela corroía e dissolvia seu couro indestrutível e sua carne começava a se desfazer... Neste momento acordou de seu pesadelo e por pouco não esbarrou em Voltaire, dando alguns passos em direção á parede da esquerda e se apoiando nela com uma mão.

- Pelos Deuses...

Ainda estava um pouco desnorteado e olhou para os outros que estavam acompanhando o grupo. Ouviu a questão de Lei e pelo que ele disse parece que ele também teve uma visão semelhante, ou somente uma voz?

- Eu ouvi tamb...

Parou de falar quando Hatsuko soltou a mão de seu pai e girava de um lado a outro, claramente assustada com o que quer que tivesse ouvido. Com certeza ela ainda estava em seu pesadelo, por imaginar que Minami ainda estaria presa, e torturada? Não havia som nenhum mais no corredor. Falou na direção de Lei que imaginava ele o mais capaz de segurar a sua filha que estava armada.

- Lei ! O que quer que nos afetou ainda está influenciando a sua filha!

De imediato se posicionou entre Voltaire e Hatsuko, não a deixaria ferir o seu amigo. E em uma das mãos já brilhava levemente em azul, preparando uma magia defensiva.
avatar
Varisak Silver Wyrm
Neutro
Neutro

Mensagens : 4
Data de inscrição : 26/09/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O arauto de Sammaster (Descontinuado)

Mensagem por Voltaire J.S Templário em Dom Dez 04, 2016 11:31 am

* A manifestação diabólica também teria afetado o justiceiro. Sua consciência era retomada ao momento do enfrentamento e respectiva morte na batalha contra Razem. Recordava-se da devastação e dos participantes daquele episódio....... Os antigos justiceiros como  Light Quyrion, Gray, Magnum, Marina, Lenia Taretto...  e outros participantes, como  Adden Krait....

   Sofrimento, escuridão, desolação... A cena do sangue, que escorria sem parar por sua boca a todo o mento era projetada na mente. Morreu de uma gravíssima hemorragia interna e externa, murmurando de olhos fechados palavras as vezes sem sentido... Por fim, a figura abissal de Razem assombrava Voltaire da pior forma possível.

   Aquela altura não ouvia ou enxergava ninguém a não ser o labirinto e o emaranhado de lembranças contidas em sua mente. Hatsuko poderia atacar Voltaire que o mesmo não reagiria, não naquele momento de pleno caos mental.

  A defesa da vida do paladino estava nas mãos de Varisak.

  E no meio de toda a situação, uma pequena garota aparecia no corredor: corria em  direção a Lei, aos berros, chamando-o de pai de forma descontrolável. Aparentemente tinha traços que lembravam o mesmo. Caso fosse permitido abraçaria-o com força e de forma desesperada, buscando a proteção que um filho deposita em seus pais.  
avatar
Voltaire J.S Templário
Justiceiro Sagrado
Justiceiro Sagrado

Mensagens : 23
Data de inscrição : 28/11/2015

Ficha do personagem
Nome:
Ocupação:
Equipamento:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O arauto de Sammaster (Descontinuado)

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum