Reunião familiar em Domine Mathesis (Encerrado)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Reunião familiar em Domine Mathesis (Encerrado)

Mensagem por Admin em Dom Ago 28, 2016 8:06 pm

[Resumo: Lei se reúne com sua família para discutirem as coisas sobre o passado dele que foram reveladas pela visita de Voltaire. Lei faz as pazes com a filha e pede para que ela o acompanhe na viagem.]



A visita do paladino Voltaire revelou certas coisas sobre o passado de Lei Keylosh que sua filha, Hatsuko, desconhecia. Além disso, o confronto hostil entre seu pai e o Justiceiro Sagrado causou desconforto na garota. Querendo esclarecer tudo antes de partir de Mathesis, Lei reuniu a família toda na casa dos Keylosh naquela mesma noite para jantar e depois conversar. Minami, Lei e Hatsuko estavam à mesa, enquanto os pequenos Lei Jr, Ryo e Lagertha estavam nas cadeiras infantis ou no colo da mãe. Wulf ficou no jardim comendo alguma coisa que ele havia caçado na floresta em frente à cidade.

Caso Hatsuko ou mesmo Minami não iniciasse a conversa antes de comer, Lei o faria após a refeição, já percebendo que o clima não era dos melhores:

- Muito bem, vamos falar sobre o que aconteceu hoje. Minami, já deve saber quem visitou a cidade esta manhã. E Hatsuko tem coisas a falar. Eu quero que vocês se abram, está bem? Não há segredos entre nós, nunca haverá, e eu responderei qualquer pergunta que vocês tenham. Hatsuko, por que não começa? - Disse, olhando para a filha. Não havia bebido hidromel naquele dia em respeito à reunião. Na verdade, não bebia desde aquele porre com Sieg Hart há meses atrás.


Última edição por Admin em Qua Set 07, 2016 2:57 am, editado 3 vez(es)
avatar
Admin
Admin
Admin

Mensagens : 406
Data de inscrição : 13/01/2014

Ver perfil do usuário http://novaordemrenegada.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reunião familiar em Domine Mathesis (Encerrado)

Mensagem por Minami / Hatsuko em Dom Ago 28, 2016 8:30 pm

Minami ficou sabendo do "ilustre" visitante através de Hatsuko. Passou o resto do dia e parte da noite no quintal da casa enquanto as crianças brincavam, remoendo o que a filha havia contado sobre a conversa. Já sentia enorme mal estar apenas pela menção do nome de Voltaire e ainda mais após ouvir todas as mentiras que ele contou. Ela, protegida e abrigada? Por ele?! Aquele velho devia estar no mínimo caduco para achar que havia sido mesmo tão bom para ela. A vida na cidadela e no mosteiro havia sido um pesadelo do início ao fim. Arrepiava-se só de pensar em Logan...

No jantar, a lupina cuidava de alimentar a pequena Lagertha, sem mencionar qualquer coisa sobre o assunto. Quando Lei começou a falar, Minami nem se preocupou em erguer o rosto.

Hatsuko apenas revirou a comida no prato e bufou logo que o pai pediu que ela falasse.

- Eu só quero saber de onde apareceu essa outra filha, oras. Se devia estar cuidando de mim!!!! Não devia sair com mulheres enquanto eu era criança... E... A mãe, poxa! Não podia ter traído ela assim! Não é justo com ninguém! E aí agora vai sair pra resgatar "Ialanna"? Que desgraça de nome é esse???
avatar
Minami / Hatsuko
Renegado
Renegado

Mensagens : 66
Data de inscrição : 14/01/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reunião familiar em Domine Mathesis (Encerrado)

Mensagem por Admin em Dom Ago 28, 2016 9:31 pm

Lei já começou a suar na primeira pergunta de Hatsuko. Arrependeu-se imediatamente por não beber mais hidromel, pois uma boa golada agora viria bem a calhar. Ele ajeitou a gola da roupa e pigarreou antes de responder. Ficava olhando de canto para Minami para ver se ela pelo menos ergueria o olhar:

- Filha, tente entender... Era outra época, em outro lugar, com outras dificuldades. Antes de você, eu e sua mãe tivemos um filho, mas ele foi retirado de nós por um grupo chamado Seguidores do Apocalipse. Eles raptaram sua mãe e tiraram o bebê de seu ventre. Então tentamos de novo e você nasceu, mas naquele momento morávamos na Cidadela, rodeados por pessoas como Voltaire e Logan, que não nos tratavam bem. Estávamos tentando ser felizes, mas não conseguíamos. Antes mesmo de sua mãe ser levada por Voltaire, nós decidimos nos afastar. Então eu soube da morte dela... - Lei parou por um instante, engolindo seco. As lembranças daquilo sempre o abalavam:

- Eu soube da morte dela no mosteiro de Voltaire. Eu fiquei arrasado, mas eu tinha uma filha para criar e sabia que precisava seguir em frente. Nos anos que se seguiram, enquanto eu a criava na Cidadela, eu conheci outras mulheres. Eu era um homem com necessidades. Viúvo, mas ainda assim um homem. Eu achava que Minami não iria voltar nunca mais, então decidi seguir com a minha vida. Eu mantive esses relacionamentos longe de você intencionalmente, Hatsuko. Achei que não era justo eu tentar substituir o lugar que Minami ocupava em seu coração, mesmo você não tendo crescido com ela. Talvez tenha sido um erro e eu peço perdão por isso. - Na falta de hidromel, Lei tomou um grande gole de água mesmo e complementou, limpando a barba com a mão:

- Bem, não vou entrar em detalhes sobre a mãe dessa criança, mas a Ameline era uma Justiceira na época e eu a conheci na Cidadela. A Ialanna é apenas alguns anos mais nova que você, Hatsuko. Mas ela não é a única filha que tive com outras mulheres. Não sei se já lhe contei, mas o Jason era gêmeo. A irmã dele se chamava Erika e morreu nas mãos do Blues Hellsing. Além dela, eu tive uma filha com Rose Drakkan chamada Kaylee, que também já foi uma Justiceira Sagrada. Ah, e também... - Parou por um instante, percebendo que não era necessário prosseguir.
avatar
Admin
Admin
Admin

Mensagens : 406
Data de inscrição : 13/01/2014

Ver perfil do usuário http://novaordemrenegada.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reunião familiar em Domine Mathesis (Encerrado)

Mensagem por Minami / Hatsuko em Dom Ago 28, 2016 10:19 pm

Tsu estava recostada na cadeira e de braços cruzados enquanto ouvia as explicações de seu pai. Não tinha uma expressão tranquila ou alegre, ainda fazia questão de deixar bastante clara a decepção que sentia por saber de tantas coisas pela boca de um velho gaga. Minami, no entanto, continuava sem encarar Lei e sem dizer qualquer coisa. Ouvia, tinha suas lembranças e opiniões, mas não expressava nada.

- Então teve mais que uma? Muitas, então... Muitos filhos espalhados pelo mundo, exatamente como Voltaire disse? E eu nunca ia ficar sabendo disso? Mãe também não? Quer dizer que qualquer dia pode chegar alguma pessoa estranha aqui e dizer que é seu filho ou filha... E teremos que aceitar! Pior!!! Agora você vai nos deixar aqui pra salvar essa filha de sei lá quem! E se você não voltar, pai? Me diz, o que vamos fazer? Como vamos criar todo os meus irmãos? E se nessa saída você decidir que precisa de mais um filho??? – Hatsuko praticamente esbravejava ao final.

- Calma, Hatsuko. – finalmente Minami falou alguma coisa, erguendo o rosto para olhar a filha e o marido – São coisas que aconteceram há muitos anos. Como Lei disse, era outra época, outro lugar, outras dificuldades... Não há nada que possamos fazer agora para mudar o que aconteceu. Lei tem outros filhos, teve outras mulheres...

Minami colocou Lagertha no chão para que ela brincasse e só depois voltou a falar o que pensava.

- Eu prefiro não saber quem ou quantas outras mulheres e filhos ele tem. Se ele tem que salvar essa filha, paciência. Que vá. A única coisa que eu peço, Lei, é que não traga essa menina para Domine Mathesis. Entregue-a para sua mãe. Se decidir ficar com a outra família, fique, a decisão é sua.

Hatsuko estava surpresa com aquela reação de sua mãe, quase descrente. Era quase como se ela nem estivesse realmente brava.

- Não vai arrancar as bolas dele, mãe?? Eu jurava que... Jurava que você ia fazer isso! Eu até já estava preparada pra ajudar a segurar enquanto.. Não vai?!?

- Não. Não vou. Ah... Lei, se quiser trazer Voltaire aqui... Faça o que quiser. – deu de ombros enquanto se levantava.

Na verdade, Minami estava se contendo ao máximo para não voar no pescoço do marido e mata-lo. Estava decepcionada, mesmo já sabendo ha muito tempo que Lei tinha alguns filhos espalhados pelo mundo, mas estava também cansada demais para esbravejar, brigar, chorar... Não fazia sentido depois de tantos anos.

avatar
Minami / Hatsuko
Renegado
Renegado

Mensagens : 66
Data de inscrição : 14/01/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reunião familiar em Domine Mathesis (Encerrado)

Mensagem por Admin em Seg Ago 29, 2016 12:47 am

Lei sequer ousou dizer uma palavra durante a discussão entre mãe e filha. Ele só fez observações depois que Minami se levantou, mas a tempo para que ela ouvisse:

- Esperem, esperem! Eu quero deixar algumas coisas bem claras! Em primeiro lugar, eu não terei mais nenhum filho com outra mulher, e só terei com minha lobinha, se ela quiser, claro. Eu acredito que ela não queira... Enfim, em segundo lugar, eu não vou embora para outra família, nunca! Lutei anos para termos um lugar seguro para chamar de lar, onde podemos de fato viver como uma família. Eu nunca deixaria vocês, por nada! De fato eu tive muitos filhos com outras mulheres e admito que foi um erro! Mas Minami é minha esposa, foi a primeira e será a última! - Lei decidiu se levantar também, mas permaneceu próximo à mesa e continuou falando. Mesmo se Minami tivesse saído do cômodo, ele falaria para Hatsuko:

- Eu amo vocês, muito mesmo. Vocês são tudo o que eu tenho hoje e eu sempre farei de tudo para protegê-los. Mas Ialanna tem meu sangue e o mínimo que eu poderia fazer é ir ver o quão grave é a situação. Ouçam, não será nada demais, está bem? Eu vou com Voltaire ver como a menina está e eu volto. Só isso. Lobinha, não se preocupe, eu nunca traria Voltaire aqui. Nunca deixaria que ele se aproximasse de você. E Hatsuko, eu entendo por que está brava. Eu também estaria na sua posição. Eu sinceramente achei que você já sabia sobre meu passado, ou pelo menos parte dele. Eu quero que você saiba de tudo, quero lhe contar tudo o que fiz de certo ou errado em minha vida e estou preparado para qualquer julgamento que você queira me dar. Podemos nos sentar para que eu lhe conte? Quando você quiser. Eu não quero nenhum segredo entre nós, nunca. - Fitou Hatsuko, esperançoso.
avatar
Admin
Admin
Admin

Mensagens : 406
Data de inscrição : 13/01/2014

Ver perfil do usuário http://novaordemrenegada.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reunião familiar em Domine Mathesis (Encerrado)

Mensagem por Minami / Hatsuko em Seg Ago 29, 2016 8:36 pm

Minami deu apenas um breve rosnado e saiu do cômodo. Estava se sentindo mais e mais irritada à medida que Lei se empenhava em justificar aquela quase matilha que ele construiu ao longo dos anos. Sabia que não havia como mudar o passado, sabia que tudo havia acontecido quando ela estava "morta" mas mesmo assim era doloroso. Nunca pensou em ter filhos com outra pessoa além de Lei e era difícil entender e aceitar que ele não fazia a mesma questão.

Hatsuko continuou sentada, olhando para o pai enquanto ele argumentava.

- Então me conta, pai. Acho que vai ser bom eu entender melhor o que está acontecendo e o que aconteceu enquanto eu era pequena. Sinceramente eu não quero me surpreender ouvindo as verdades através de Voltaire. Não gosto dele, não gosto do que ele transmite... Então senta aí e me conta tudo, desde o começo.
avatar
Minami / Hatsuko
Renegado
Renegado

Mensagens : 66
Data de inscrição : 14/01/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reunião familiar em Domine Mathesis (Encerrado)

Mensagem por Admin em Ter Ago 30, 2016 12:17 am

Lei sabia que teria que conversar a sós com Minami depois. Mas, por hora, acataria o pedido da filha. Ele voltou a se sentar e começou a contar sua história desde o começo, quando ainda era um menino em uma vila pobre em outro continente. Depois quando se uniu aos Ultras e seu primeiro amor, Serena. Anos mais tarde envolveu-se com uma mulher chamada Pan, de onde nasceram os gêmeos Jason e Erika, que Blues Hellsing levou consigo. Depois teve uma filha chamada Lain de uma mulher chamada Botan. Então veio para o continente atual e foi seduzido pela energia maligna dos pergaminhos escritos por Lysergik que ele encontrou.

Foi quando fundou a Sociedade Negra. Contou à Hatsuko todas as atrocidades que cometeu, as vilas que saqueou e as pessoas inocentes que matou. Não deixou absolutamente nada de fora. Contou que teve um filho com Annelise Cory que sofreu aborto espontâneo. Depois explicou como se arrependeu de todos os crimes e procurou os Justiceiros Sagrados para se redimir. Teve outra filha com Rose Drakkan chamada Kaylee. Relacionou-se com uma mulher chamada Claire von Starke, que foi morta pelos Seguidores do Apocalipse. E depois conheceu Minami, após uma batalha ferrenha contra o Seguidor chamado Crestfallen. Brincou dizendo como Minami queria apenas lamber as queimaduras dele e como isso acelerou o processo de cura.

Então contou sobre a partida de Minami, sobre conhecer Ameline e o nascimento de Ialanna, e como a elfa foi a última mulher com a qual teve filhos. Ainda conheceu outra elfa chamada Eliya que acabou se matando [OFF: Não lembro exatamente por quê. LOL] Lei perguntou se Hatsuko se lembrava de quando visitaram o túmulo da mãe, apenas meses antes de Voltaire exumar, ou melhor, violar tal túmulo. Depois foram para Terânia e o resto ainda devia estar fresco na memória de Hatsuko, já que ela era uma adolescente quando saíram da Cidadela. Contou sobre o dia em que Vlad Kain levou Minami até uma taverna de Warjillis, onde se casaram, para então o Justiceiro levá-la embora. Contou como Vlad Kain, anos mais tarde, admitiu que agiu errado e pediu desculpas ao Lei. Então, meses depois, Dumai Marak permitiu a saída de Minami do mosteiro e ela retornou para Terânia.

Precisaria de no mínimo 2 horas de conversa para contar tudo isso. Durante esse tempo as crianças passaram pela mesa, Wulf tentou entrar para dormir dentro da casa, Lei bebeu uma jarra inteira de água e precisou levantar 3 vezes para ir ao banheiro e comeram os restos do jantar e a sobremesa. Minami acabaria ouvindo partes da conversa, mesmo se não quisesse, já que a casa não era tão grande assim. Ao final, Lei concluiu:

- Bem, acho que é isso. Devo ter deixado um ou outro detalhe de fora, mas perdoe seu pai, a memória dele já não é tão boa. As partes importantes, porém, tenho certeza que contei. Então, quero ouvir sua opinião sincera, Hatsuko. Sem rodeios.
avatar
Admin
Admin
Admin

Mensagens : 406
Data de inscrição : 13/01/2014

Ver perfil do usuário http://novaordemrenegada.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reunião familiar em Domine Mathesis (Encerrado)

Mensagem por Minami / Hatsuko em Ter Ago 30, 2016 3:10 pm

Hatsuko interferiu poucas vezes no relato do pai, fazendo uma ou outra pergunta que fosse necessária para seu entendimento de tudo o que aconteceu. Era certo que estava surpresa com a quantidade de filhos e envolvimentos amorosos de Lei, principalmente por ela mesma ter tido apenas um parceiro e mesmo assim que culminou em imensa decepção. Tsubaki... Não fazia ideia do que havia acontecido com ele para decidir simplesmente desaparecer de sua vida. Durante aquele período, Tsu comeu algumas vezes e bebeu apenas um pouco de água, aproveitando as ausências de Lei para refletir melhor sobre tudo o que ouviu.

- Ah, pai... Não tem muito o que falar né? Não sei como conseguiu se apaixonar por tantas mulheres, ter tantos filhos e ser capaz de deixar cada um em um canto. Eu não conseguiria isso. Só o que Tsubaki fez já... Já me corta o coração. Só me resta esperar que nada disso volte a acontecer. Se tem que sair pra ajudar sua filha, então vá... Se precisar de ajuda, até posso ir também. Mas só porque não é a menina que tem culpa, é você e a mãe dela os culpados por deixa-la largada. E por que, pai, Voltaire insistiu tanto em dizer que você ainda é mau? Não é confiável?

Minami não retornaria para a mesa. Provavelmente estava sentada do lado de fora da casa ou até mesmo caminhando ali pela cidade para manter os ouvidos longe de relatos que a magoavam tanto. A mudança de todos para Domine Mathesis havia sido essencial para que a lupina esquecesse parte de seu passado: os castigos sofridos na Cidadela, a reclusão forçada no Mosteiro, a própria morte e sua exumação tempos depois. Tantas lembranças ruins apagavam o pouco de sua memória sobre o período anterior à cidadela. Ainda confrontaria Voltaire, ainda teria coragem e frieza suficientes pra isso.
avatar
Minami / Hatsuko
Renegado
Renegado

Mensagens : 66
Data de inscrição : 14/01/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reunião familiar em Domine Mathesis (Encerrado)

Mensagem por Admin em Ter Ago 30, 2016 5:07 pm

Lei debruçou-se sobre a mesa e respondeu à Hatsuko, abaixando a cabeça ligeiramente:

- Foi loucura ter deixado tantos filhos no mundo, eu sei disso. Eu era jovem e estúpido. Agora sou só estúpido. - Deu uma pequena risada e fitou a filha. - Mas se eu pudesse voltar no tempo e ter todos esses filhos apenas com sua mãe e me casar com ela desde o começo, eu faria, sem nem pensar duas vezes. Acho que tentamos tirar o atraso quanto à isso, já que Lagertha é nossa quinta filha. Mas não pretendemos ter mais. - Sorriu, voltando a recostar-se à cadeira e continuou:

- Voltaire é um paladino. Pelo menos ele acredita ser, embora ele já tenha tomado decisões que até os Seguidores do Apocalipse reprovariam. Isso significa que ele sempre seguirá o próprio conceito de verdade e justiça, passando por cima de tudo e de todos no processo. Além disso, ele viu em primeira mão as barbáries que eu cometi com a Sociedade Negra e isso o marcou de uma maneira que não o permite me ver de outra forma. Como você mesma presenciou, ele ignorou completamente o fato de eu ter sido perdoado e redimido segundo as próprias leis dele. Aliás, devo ter o desenho que um rapaz fez de mim nessa época, na fazenda ao redor do Templo da Redenção, em algum canto por aqui. Eu estava bem mais magro, com certeza. - Deu outra risada e prosseguiu:

- É por isso que ele não consegue me ver de outra forma. É por isso que ele continua a jogar o passado em minha cara e não entende nosso meio de vida. Ele me condena pelo modo como criei você, Hatsuko, mas, ao meu ver, eu criei você para o mundo. Eu a ensinei a matar não para que fosse uma assassina, e sim para que sobrevivesse nesse mundo cruel. Você acha que lhe criei de forma errada, Hatsuko?
avatar
Admin
Admin
Admin

Mensagens : 406
Data de inscrição : 13/01/2014

Ver perfil do usuário http://novaordemrenegada.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reunião familiar em Domine Mathesis (Encerrado)

Mensagem por Minami / Hatsuko em Ter Ago 30, 2016 7:13 pm

- É bom que não tenham mais filhos mesmo, né? Já tem criança demais nessa casa e Lagertha já se apropriou da minha elfa gorda. E meu pensamento sobre Voltaire é que ele já está velho demais, caduco, sabe? As pessoas mudam, você mudou. Pelo o que você me contou hoje, pai, você mudou tanto que fica até difícil te imaginar fazendo tantas atrocidades.

Tsu já estava mais tranquila depois da conversa, sem toda aquela raiva inicial. Havia entendido que eram outros tempos, outras circunstâncias e, principalmente, que ficar brava não mudaria nada do que já aconteceu. Chegou a inclinar a cabeça um pouco para o lado com a pergunta do pai e logo riu com gosto.

- Não, oras! Claro que não! Eu fui muito bem criada... Ou eu sairia feito louca por aí, matando, roubando, acusando... Eu gosto de ajudar as pessoas e matar não me dá uma boa sensação. Mato se precisar, mato quem ameaçar minha família ou alguma outra pessoa daqui de Mathesis. Mato, mas não me sinto orgulhosa por isso. Acho que isso é ter sido bem criada, não?
avatar
Minami / Hatsuko
Renegado
Renegado

Mensagens : 66
Data de inscrição : 14/01/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reunião familiar em Domine Mathesis (Encerrado)

Mensagem por Admin em Qua Ago 31, 2016 2:09 am

Lei sorriu, alcançando a mão de Hatsuko sobre a mesa e sorrindo. Os olhos do barbudo lacrimejaram um pouco:

- Sim, com certeza, Tsu. Você é uma boa menina com o coração puro. Tenho muito orgulho de você. Eu te amo muito. - Beijou a mão dela com carinho e logo pareceu retomar a questão de sua ausência: - Eu queria muito que fosse comigo, mas entenderei caso não quiser. Sieg Hart e sua mãe podem cuidar de tudo. Mesmo ficando a maior parte do tempo aqui para cuidar das crianças, Minami ainda é oficialmente a... Vamos usar o termo "prefeita" na minha ausência. Já deixei isso muito claro para todos os setores da cidade. - Lei fez uma pausa estranha e continuou, como se quisesse confessar algo:

- Serei sincero com você, Tsu. Já não sou mais jovem e minhas habilidades não são tão afiadas. Eu tive de ameaçar Voltaire para colocá-lo na linha, para que ele perceba que não pode fazer o que bem entende aqui, mas não sei se seria capaz de derrotá-lo caso ele faça alguma loucura contra nós ou até mesmo enfrentar os perigos que a maldição de Ialanna possa trazer. Você é jovem e habilidosa, poucos são páreos para as suas técnicas humanas e para a sua metamorfose. Preciso de você para me ajudar caso as coisas fiquem complicadas. Para me proteger.
avatar
Admin
Admin
Admin

Mensagens : 406
Data de inscrição : 13/01/2014

Ver perfil do usuário http://novaordemrenegada.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reunião familiar em Domine Mathesis (Encerrado)

Mensagem por Minami / Hatsuko em Qua Ago 31, 2016 10:39 am

- Não chora, pai! - Hatsuko ria com gosto do pai emociado. Homens como ele não deveriam chorar, não era "adequado".

Ainda tinha um sorriso leve nos lábios enquanto ouvia a confissão de Lei, por vezes apenas arqueando as sobrancelhas ou inclinando um pouco a cabeça.

- Mas... Pai, eu?! Você ainda luta muito bem, melhor que eu. Eu não me importo de ir junto para ajudar mas acho que não seria capaz de derrotar o velho ou alguém muito habilidoso, pai. Não sou tão boa assim! É uma responsabilidade muito grande pra mim.
avatar
Minami / Hatsuko
Renegado
Renegado

Mensagens : 66
Data de inscrição : 14/01/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reunião familiar em Domine Mathesis (Encerrado)

Mensagem por Admin em Qui Set 01, 2016 3:42 pm

Lei deu outra risada e respondeu:

- E é humilde também. Está bem, eu admito, apenas não quero ir sozinho nessa viagem. Não seria engraçado se fôssemos todos com o Voltaire? Imagine a reação dele, viajando com um lobo gigante, tendo que parar a cada par de quilômetros para os pequenos fazerem suas necessidades e descansarem, enquanto choram e reclamam do calor, frio, chuva ou qualquer outra coisa que tenha no caminho? Tenho certeza de que Voltaire desistiria na hora! - Riu e disse, por fim:

- Bem, vou ver o que sua mãe acha disso. De qualquer forma, ainda temos dois dias. Vou lá falar com ela, ainda deve estar brava. Não repare se ouvir coisas quebrando e sons de briga, mas tente apartar se houver muito sangue, está bem? - Sangue dele, no caso. Levantou-se e beijou Hatsuko na testa. Caso ela não quisesse conversar sobre mais alguma coisa, Lei iria até Minami. Respirou fundo antes de começar a procurar pela esposa nos arredores.
avatar
Admin
Admin
Admin

Mensagens : 406
Data de inscrição : 13/01/2014

Ver perfil do usuário http://novaordemrenegada.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reunião familiar em Domine Mathesis (Encerrado)

Mensagem por Minami / Hatsuko em Sex Set 02, 2016 12:16 am

- Até mesmo eu desistiria na hora! Ninguém suportaria viajar com 4 crianças!!! - ria, confessando que nem mesmo ela conseguiria tamanha façanha - Tudo bem, pai. Vai lá... E boa sorte! Não acho que você irá apanhar muito.

Minami estava do lado de fora da casa, encostada na parede ao lado da porta. Olhava o movimento da rua, sem imaginar que Lei já a procuraria. Em sua mente, o homem já estava decidido a buscar a filha em perigo, independente da opinião dela. Não perderia tempo tentando impedi-lo.
avatar
Minami / Hatsuko
Renegado
Renegado

Mensagens : 66
Data de inscrição : 14/01/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reunião familiar em Domine Mathesis (Encerrado)

Mensagem por Admin em Sab Set 03, 2016 9:29 pm

[OFF: A conversa com Minami foi feita em Off mesmo. Fizeram as pazes e ela deixou Lei partir, o que significa que ela provavelmente deixou a surra para a volta. LOL]
avatar
Admin
Admin
Admin

Mensagens : 406
Data de inscrição : 13/01/2014

Ver perfil do usuário http://novaordemrenegada.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Reunião familiar em Domine Mathesis (Encerrado)

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum